ARTE DAS LETRAS

sábado, 20 de maio de 2017

CONVERSA AO PÉ DO FOGÃO - CAFÉ

A imagem pode conter: fogo e área interna

E agora, com licença que vou caçar um café lá na cozinha,
bem quentinho no fogão...
Café caipira, café sertanejo, café simplesinho sem muito
salamaleque...
Aceita um assim?
Vamos lá no braseiro do fogão que tem....
Bom Dia!
Didi

POESIA - CAMINHOS DO VENTO - fragmentos

A imagem pode conter: céu e atividades ao ar livre

Fragmento da poesia CAMINHOS DO VENTO
O vento é movimento,
entoando melodias por onde passa,
despertando um quê de nostalgia,
um tanto de esperança no que virá,
fazendo nossa alma bailar
com um passo no que já se foi
e outro no que será.
Que magnífico poder apreciá-lo
e por seus caminhos planar!
Vento que vem ventando
Não se sabe de onde,
Que passa pela gente,
envolve e carrega o pensamento
Sabe-se lá aonde!
by Didi Leite

POESIA - de BRAULIO BESSA - POESIA COM RAPADURA

Imagem relacionada

A Poesia de @BRAULIO BESSA - POESIA COM RAPADURA
sempre se apresenta no Encontro Com Fatima Bernades.
Vale conferir a pureza e beleza das poesias desse Poeta de Cordel
by Didi Leite
Afinal, nem toda lágrima é dor
Nem toda graça é sorriso
Nem toda curva da vida
Tem uma placa de aviso
E nem sempre o que você perde
É de fato um prejuízo
O meu ou o seu caminho
Não são muito diferentes
Tem espinho, pedra, buraco
Pra mode atrasar a gente
Mas não desanime por nada
Pois até uma topada
Empurra você pra frente...
Braulio Bessa

PÁGINAS SOLTAS - A POESIA DA IMAGEM


PÁGINA SOLTA - BOM DIA

A imagem pode conter: pássaro, atividades ao ar livre, natureza, texto e água

by Didi Leite

segunda-feira, 8 de maio de 2017

POETICO - MÃOS NO PÃO OU NA POESIA



MÃOS NO PÃO OU NA POESIA?

Minhas mãos não tecem rendas,
elas não são artesãs das linhas.

Minhas mãos não fazem doces e guloseimas,
elas não sabem do fogão as prendas.

Minhas mãos não fazem bolos,
elas não sabem coisas de fornos.

Minhas mãos não tocam piano ou violão,
elas não entendem de música.

Minhas mãos não fazem pão,
elas não têm intimidade com fermento e farinha.

Minhas mãos procuram palavras,
recolhem uma a uma com suavidade
e distraídas vão compondo poesias,     
que de certo vão crescendo
não pelo efeito do fermento,
mas pela emoção brotada do coração.

Arrisco dizer que a poesia
é renda fina,
é doce como mel.
é macia como bolo saído do forno,
tem a musicalidade de uma sinfonia
e é como pão abençoado que alimenta a alma.

Entre o pão e a poesia?
Ah, claro que fico com a emoção!

by Didi Leite








PÁGINAS SOLTAS - PENSAMENTOS


by Didi Leite

páginas soltas - BOM DIA


by Didi Leite

sábado, 6 de maio de 2017

POESIA - DE AMOR E TEMOS

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, céu, planta, natureza e atividades ao ar livre

DE AMOR E TEMOR
Como botar no papel
tamanha inquietação,
tanta ternura
e ao mesmo tempo
tanto temor.
Temor que tudo acabe,
que você me escape
e minha alma mergulhe numa saudade
que só Deus sabe!

by Didi Leite

POESIA - EXAGERADOS

A imagem pode conter: bicicleta

Amar delicioso desassossego
faz pensar credulamente
que no mundo só existe
quem ama e o seu amado.
Qual!

Amor sentimentos dos exagerados....

by Didi Leite

PENSAMENTOS POÉTICOS - DE ANSIEDADE

A imagem pode conter: texto

by Didi Leite

PÁGINAS SOLTAS - BOM DIA


by Didi Leite