ARTE DAS LETRAS

sábado, 25 de julho de 2015

POESIA - O AMOR COM SAUDADE


       O AMOR COM SAUDADE


Uma saudade vem chegando lentamente.
Sorrateira   invadindo o coração.
É como espinho cravado em minha pele
que queima, arde, corta
 e sangra a  razão.

Ai! Por que você se foi tão de repente?
Sem avisar, sem despedir e me esperar,
deixando nossos sonhos acordarem
 e  essa  realidade diante dos olhos,
ao redor de mim.

Mas vou descobrindo
que não quero me curar.
Quero lembrar, quero sofrer até meu fim!

E  quando um dia a gente  se reencontrar
aí  sim,   já  nada vai nos separar.
Viveremos  numa nuvem a flutuante
o amor que um dia juramos nos unir.


by Didileite 

Ilustração Imagem Google

Nenhum comentário:

Postar um comentário