ARTE DAS LETRAS

domingo, 26 de julho de 2015

POESIA - MOTIVOS QUE NÃO FALTAM (Fragmento da poesia)


MOTIVOS QUE NÃO FALTAM  (fragmento da Poesia)

Enquanto o mundo vai girando
como geringonça,
por crimes, medos, pânicos,
banalidades, abusos e frivolidades,
mostrando o esgarçamento da sociedade,
vou escrevendo.

É a pulverização das cidades
na roda de pés no chão poeirento,
tem gente espiando, tem gente dançando.
Tudo gira em manchetes coloridas e desnudas.

Será que alguém tem tempo de ler
tudo além das manchetes?
São tantas notícias que não há tempo
de ler tudo por dentro.

Nossa mente é um painel de colagens
do escrito, ouvido e visto.
É muita informação!
Painel visual e auditivo que convidam à meditação.
Essas notícias deglutidas em tamanha quantidade
poderão explodir nossos neurônios qualquer hora.
Ainda bem que somos oriundos de uma sabedoria
maior que nos faz seletivos
e quase  impermeáveis
a tanta informação assim.

E por tudo isso e por tudo o mais
vou escrevendo o que minha mente seleciona
e o que permeia  por minha alma.
É uma forma concreta de desenovelar
um coração assoberbado.

 Sozinha com o papel como companheiro,
as frases vão saltando e deslizando
como numa esteira de pensamentos.
Vou escrevendo!

by Didi Leite

Ilustração Imagem Google




Nenhum comentário:

Postar um comentário