ARTE DAS LETRAS

terça-feira, 28 de julho de 2015

POESIA - EMFADO


     ENFADO

Às vezes me ocorre um enfado,
um cansaço do nada e do tudo,
da mesmice e da tolice,
do assunto repetido e requentado,
dos amores declarados e derramados,
das notícias sem notícia,
do colorido desbotado,
dos cantos sem melodia,
das graças sem graça alguma,
que se passasse um cometa  por aqui
tomava carona e seguia rumo
ao distante, bem distante daqui.
Ufa!

by Didi Leite

Ilustração Imagem Google





Nenhum comentário:

Postar um comentário