ARTE DAS LETRAS

quarta-feira, 29 de julho de 2015

POESIA - DE VOLTA PRA CASA


DE VOLTA  PRA CASA

Ah, essa estrada tão longa,
tão poeirenta,
tanta pedra,
tanta curva,
tão longe
que nem dá pra ver o horizonte...

Peguei esse caminho
que não tem atalho,
não tem desvio,
não tem retorno...

Caminhar e seguir em frente,
porque sei que vou conseguir
chegar ao meu lugar de origem
onde há até canto de sabiás,
floradas por todo chão,
sinceridade  no ar
e água fresca de fonte.
É aí  o lugar da paz pro meu coração.

Vou chegar!

by Didi Leite

Ilustração Imagem Google

Nenhum comentário:

Postar um comentário