ARTE DAS LETRAS

sexta-feira, 24 de julho de 2015

PÁGINAS SOLTAS - CONSIDERAÇÕES DE FIM DE TARDE - Tecnologia da Comunicação


CONSIDERAÇÕES DE FIM DE TARDE (texto na íntegra)

Hoje, estamos de mãos atadas à tecnologia.  Dentro de casa há em cada cômodo algo eletrônico, computadorizado, da área de serviço aos quartos.  Na rua estamos em "link" com
tudo e todos.
O mundo ficou maior e mais próximo, estamos na tão falada aldeia global. Todos se comunicam simultaneamente, e os comportamentos se igualam na moda e nos modismos.
Não nos imaginamos sem um celular, sem um computador,  sem um controle remoto, sem uma TV digital, sem um cartão eletrônico. E tudo isso já já estará obsoleto, porque as inovações se multiplicam numa velocidade astronômica.
A senha do  cartão do Banco já está com os dias contados, há a biometria, que mal chegou e já vai morrer para dar lugar a íris dos olhos que são como digitais, cada um tem a sua e duas não são iguais.
Já se imaginou sem o Google? E a mídia sem o Photoshop?
E todos os Aplicativos que proliferam em proporção  geométrica?   Tudo é HD, LCD ou Digital.
Vão surgindo umas terminologias que vamos incorporando ao nosso vocabulário rapidamente LED, 3D, PLASMA, GPS, CHIP,   e por aí vai... a gente nem sente que já está completamente informatizado,  algumas pessoas chipadas e outras com próteses eletrônicas...
Fico pensando como viver na área da saúde sem uma RM, uma TC ou um PS? Nem os médicos nem a gente sabe.
E há ainda a US em 3D que deixa ver o rostinho do bebe que nem sonha ainda em nascer. 
Tudo se agilizou, tudo se simplificou, mas ainda há muita coisa nova vindo por aí,  por exemplo o celular que vai matar todos os cartões de crédito e o carrinho de supermercado informatizado, adeus fila nas caixas.

Preencher um cheque, entrar numa fila de banco? Mas nem pensar, os Caixas Eletrônicos são da hora. Em minutos se pagam contas, transferem-se valores, e saca-se dinheiro. E parte disso já se pode fazer de dentro de casa através de um celular!
Se houvesse toda essa tecnologia há cinquenta anos atrás
quantas vidas teriam sido salvas, quantos erros teriam sido evitados, quantos amores teriam se realizado...

Tudo isso tem um fim comum a  COMUNICAÇÃO.
Estou aqui esperando para ver a noite de lua crescente, lua que já foi visitada pelo homem, mas que está lá como há   milhões de anos. A natureza não se modernizou, embora o homem tente mexer nela. Tudo está no seu lugar, graças a Deus.
    

 by Didi Leite
Ilustração Imagem Google

Nenhum comentário:

Postar um comentário